Notícias Fecomercio

25 de outubro de 2017

Aneel reajusta bandeira vermelha e conta de luz pode ficar mais cara


Consumidores passarão a pagar R$ 5 de taxa extra para cada 100 kWh quando bandeira vermelha patamar 2 for acionada

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (24) uma proposta de reajuste de 42,8% sobre o valor atual da bandeira tarifária vermelha patamar 2, considerada a mais cara do sistema e que é cobrada quando as usinas térmicas mais custosas precisam ser mantidas ativas para suprir a demanda de consumo de energia.

A proposta será submetida à consulta pública e pode sofrer mudanças. Se aprovada, os consumidores deixarão de pagar os atuais R$ 3,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) e passarão a pagar R$ 5 de taxa extra quando a bandeira vermelha patamar 2 for acionada.

Além disso, a agência também sugeriu alteração da bandeira tarifária amarela, que poderá ficar 50% mais barata, passando de R$ 2 para R$ 1 de cobrança extra a cada 100 kWh. Nesta sexta-feira (27), a Aneel divulgará a bandeira tarifária que estará em vigor em novembro.

Voltar para Notícias