Notícias Fecomercio

6 de outubro de 2017

Índice de Confiança do Empresário do Comércio alcança 106,2 pontos em setembro


Segundo a FecomercioSP, patamar foi o maior desde abril de 2014

O empresário se mostrou mais confiante pelo segundo mês consecutivo. O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) registrou alta de 1% ao passar de 105,2 pontos em agosto para 106,2 pontos em setembro, o maior patamar desde abril de 2014. Na comparação anual, o resultado foi ainda melhor e o índice teve crescimento de 18,9%, quando o ICEC marcou 89,3 pontos. Os dados são da apuração mensal realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), onde zero significa pessimismo total e 200 pontos representa otimismo total.

De acordo com a pesquisa, as grandes empresas – com mais de 50 funcionários – apontaram alta (3,5%) na confiança em setembro, passando de 116,3 pontos em agosto para 120,3 pontos no mês. Nas companhias com menos de 50 empregados, o ICEC cresceu 0,9% ao passar de 104,9 para 105,9 pontos em setembro, enquanto que na comparação anual, grandes e pequenas empresas registraram crescimento na confiança, com 26% e 18,8%, respectivamente.

O indicador responsável por medir a propensão por novos investimentos cresceu pelo terceiro mês consecutivo. O Índice de Investimento do Empresário do Comércio (IIEC) avançou 0,9% ao passar de 89,6 pontos em agosto para 90,5 pontos em setembro, o maior patamar desde fevereiro de 2015. Em relação a setembro de 2016, o indicador teve elevação de 15,1%. O Índice de Expectativa do Empresário do Comércio (IEEC) registrou alta de 1,5% ao passar de 146,8 pontos em agosto para 148,1 pontos em setembro, e alta de 6,5% em relação a setembro do ano passado.

O Índice das Condições Atuais do Empresário do Comércio (ICAEC) permaneceu estável entre agosto e setembro, marcando 79,1 pontos. No comparativo anual, o índice avançou 60,2% quando o indicador alcançava 49,4 pontos. Veja a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias