Notícias Fecomercio

17 de outubro de 2017

Metade dos empreendedores do País estará formalizada até o fim de 2017, diz Sebrae


Segundo organização, Simples Nacional impulsiona empreendedorismo

O número de empresas optantes do Simples Nacional no País passou de 2,5 milhões para 11,6 milhões entre os anos de 2007 e 2016, o que representa uma média de crescimento de quase um milhão de pequenos negócios por ano. O estudo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae) aponta que a proporção de donos de negócios não formalizados em relação aos formalizados tem diminuído ano a ano desde que o Simples Nacional foi implantado.

O Brasil possuía 22,7 milhões de donos de negócios em dezembro de 2007, mas apenas 11% (2,5 milhões) tinham um negócio formal. A expectativa é de que o número de empreendedores formalizados corresponda a 50% dos 26,1 milhões de donos de negócios até o fim deste ano. O número deve saltar para 63% de um universo de 28 milhões até 2022.

Além disso, a participação do Simples Nacional na arrecadação total dos tributos federais quase dobrou entre 2007 e 2016, passando de 4,2% para 7,9%. A arrecadação do Simples foi de R$ 41 bilhões em 2008 para R$ 73 bilhões em 2016.

Voltar para Notícias