Notícias Fecomercio

21 de novembro de 2017

O momento é de empreender, diz Carlos Wizard


Fundador da maior rede de ensino de idiomas do mundo fala ao UM BRASIL sobre estratégias para incentivar o empreendedorismo no País

“Assumi como missão pessoal formar uma nova geração de empreendedores no Brasil”, afirma o fundador da maior rede de ensino de idiomas do mundo e um dos mais destacados empresários do País, Carlos Wizard Martins. Em conversa com Thaís Herédia para o canal UM BRASIL, ele comenta perspectivas do empreendedorismo no momento de recuperação da economia brasileira.

Sobre as perspectivas para o próximo ano, ele se diz otimista. “A economia brasileira é cíclica. Temos períodos que variam de 3 a 5 anos de êxitos, seguidos de períodos recessivos, como o que estamos passando hoje. No entanto, todos os indicadores estão apontando para um 2018 muito favorável”, diz. “Historicamente, em ano de eleições, o emprego cresce, a indústria fatura e a economia gira de maneira mais veloz.”

Sobre empreender no Brasil, ele defende que existem dois tipos de empreendedores: os que o fazem por oportunidade, com certo capital e pesquisa o mercado; e os empreendedores que por necessidade, ou seja, aqueles que estão fora do mercado, não conseguiram se realocar em uma empresa e partem para um projeto pessoal em busca de geração de renda. “Acredito que, independentemente de empreender por necessidade ou oportunidade, o momento é favorável, pois estamos justamente entrando para um cenário que aponta para uma retomada, e isso gera uma expectativa positiva”, observa o empresário.

Segundo ele, o Brasil é um país que, apesar de oferecer grandes oportunidades para prestadores profissionais de serviços, também é fraco para oferecer serviços em todos os setores. “O empreendedor que se predispuser a montar um negócio e tiver como estratégia o bom atendimento do cliente, já tem um diferencial muito forte perante a concorrência”. Assista a entrevista completa aqui.

 

Voltar para Notícias