Notícias Fecomercio

16 de março de 2018

Varejo brasileiro cresce 6,5% em janeiro em relação ao mesmo mês do ano passado


De acordo com o IBGE, essa é a nona elevação consecutiva nas vendas

O comércio varejista brasileiro ampliado, incluindo materiais de construção e veículos, registrou crescimento no volume de vendas de 6,5% em janeiro comparado com o mesmo período de 2017. Essa é a nona elevação consecutiva nas vendas, segundo aponta a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No acumulado de 12 meses, a variação atingiu 4,6% de aumento.

Segundo a análise da assessoria econômica da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), parte do crescimento é reflexo da base fraca de comparação, pois entre os meses de janeiro de 2014 e 2017 houve retração de 18,4%. Mesmo com elevação, o patamar atual ainda está abaixo do nível de vendas pré-crise, de 13,1%.

Os destaques desse primeiro mês, em termos de variação, foram os bens duráveis. As vendas de eletrodomésticos subiram 22% na comparação anual; e o grupo eletrodomésticos e móveis teve alta de 5,3%. O setor de veículos também seguiu em franca recuperação, com a elevação anual de 18,2%.

Os setores de bens essenciais supermercados e farmácias seguiram a tendência positiva e mostraram crescimento no volume de vendas de 3,1% e 5,4%, respectivamente.

Somente dois setores mostraram queda. A maior variação foi do grupo de livros, revistas, jornais e papelaria (-7,1%), mas seu impacto no índice geral é relativamente pequeno. Combustíveis e lubrificantes apontaram queda de 4% na comparação anual, sendo que esse desempenho está relacionado ao forte aumento de preço dos combustíveis. Confira a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias